Governo prevê investimento privado de R$ 120 bilhões em energia renovável no Nordeste

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva apresentou, hoje, um planejamento inicial que prevê investimentos privados na ordem de R$ 120 bilhões em fontes de energia renovável no Nordeste brasileiro.

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, apresentou as diretrizes gerais do Plano de Investimento em Transmissão de Energia em encontro do Consórcio dos Governadores do Nordeste, no Ceará.

Recebi uma diretriz clara do presidente Lula: transformar o Nordeste no maior celeiro de energia limpa e renovável do mundo. Estamos focados integralmente nessa tarefa. Trabalhamos para viabilizar esse potencial incrível de 30 gigawatt de geração renovável, o que deverá destravar mais de R$ 120 bilhões em investimentos privados na área de geração renovável”, disse.

Usina Angra 3

Na última quarta-feira, em audiência na Câmara, Alexandre Silveira informou que o BNDES está analisando um aporte de R$ 20 bilhões para a finalização das obras da usina nuclear de Angra 3. No planejamento inicial, o projeto poderá ser concluído em 2029.

Angra 3 está entre as prioridades, mas Silveira confirmou que esse é um tema que ainda não tem consenso no governo. “É um debate que ainda não está concluído dentro do governo e é preciso que isso fique claro. Já foram investidos R$ 7,8 bilhões, mas tem toda uma modelagem sendo construída pelo BNDES onde são necessários em torno de mais R$ 20 bilhões para concluir essa usina”, diz.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.