Partido Verde, que não tinha nenhum deputado na ALRN, passa a ter quatro, com a ‘janela partidária’

A articulação do PV teria tido o auxílio da governadora Fátima, que tem interesse em fortalecer partidos aliados e federados. Fátima articulava com os deputados Dr. Bernardo Amorim (ex-MDB) e Ubaldo Fernandes (ex-PL), mas estes devem se filiar ao PSDB nesta quinta-feira.

Nos últimos dias de janela partidária alguns partidos no Rio Grande do Norte vem mostrando força para atrair políticos com densidade eleitoral e deputados, que tem maior peso para formar nominatas. É o caso do Partido Verde (PV), que de nenhum deputado na Assembleia Legislativa passou para quatro.

Filiaram-se ao partido nos últimos três dias os deputados estaduais Eudiane Macedo (ex-Republicanos), Hermano Morais (ex-PSB), George Soares (ex-PL) e Vivaldo Costa (ex-PSD). Todos continuam sendo na base de sustentação da governadora Fátima Bezerra, já que o PV é aliado de primeira hora da governadora e fará parte da federação com PT, PC do B. Existe expectativa no partido que a sigla ainda possa receber um ou dois deputados até o fechamento da janela, sábado, 2 de abril, segundo o presidente estadual da legenda vereador em Natal Milkley Leite.

A articulação do PV teria tido o auxílio da governadora Fátima, que tem interesse em fortalecer partidos aliados e federados. Fátima articulava com os deputados Dr. Bernardo Amorim (ex-MDB) e Ubaldo Fernandes (ex-PL), mas estes devem se filiar ao PSDB nesta quinta-feira.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.