Definidos os tempos de propaganda de rádio e TV para presidenciáveis; veja

Propaganda eleitoral na TV será distribuída de acordo com bancada eleita para a Câmara dos Deputados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou qual será o tempo de cada candidato à presidência da República na propaganda eleitoral do rádio e televisão, que começa na próxima semana. Com base nas composições partidárias e representatividade das legendas no Congresso Nacional, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o candidato que passará mais tempo na rádio e televisão, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

Pelos cálculos do TSE, Lula terá 3 minutos e 16 segundos de campanha na TV. O petista conta com o apoio de 141 deputados dos partidos PSB, Solidariedade, PSOL, Rede, Avante, Agir, PROS, PC do B e PV.

Jair Bolsonaro, que tem 101 deputados eleitos com PL, PP e Republicanos, partidos que apoiam sua candidatura, terá 2 minutos e 40 segundos de propaganda eleitoral.

Simone Tebet (MDB) é a terceira do ranking, com 2 minutos e 16 segundos, já que ela conta com apoio de 88 deputados das coligações do MDB, PSDB, Podemos e Cidadania. 

Soraya Thronicke (União Brasil) terá 2 minutos e 7 segundos, pois o União Brasil, sozinho, tem 81 deputados eleitos. Outro candidato que está sem coligação, mas com uma bancada menor, é Ciro Gomes (PDT). Com 28 deputados pedetistas, Ciro terá somente 50 segundos de propaganda. 

Como é realizado o cálculo?

Os minutos reservados ao horário eleitoral são distribuídos da seguinte forma: 90% são proporcionais ao tamanho da bancada de deputados do partido eleita em 2018 ou chapa dos candidatos, e os 10% restantes são repartidos de forma igualitária.

Às terças-feiras, quintas-feiras e sábados, os candidatos à Presidência terão 25 minutos por dia, divididos em duas janelas, para a exibição de suas propagandas na TV e no rádio. O tempo é distribuído entre os candidatos. As propagandas dos candidatos aos demais cargos são exibidas nos horários eleitorais dos demais dias da semana.

O horário eleitoral gratuito será exibido às 13h e às 20h nos canais de televisão. Nas emissoras de rádio, as exibições são feitas às 7h e às 12h.

Além disso, os partidos têm direito às inserções avulsas, ou “pílulas”, de 30 a 60 segundos distribuídas durante a programação. Os veículos reservarão 14 minutos diários, entre as 5h e a meia-noite, para que os presidenciáveis veiculem os materiais.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.