Tendência

Parceria Brasil-China para Mecanização da Agricultura Familiar: chegada do maquinário

16/01/24 - Dia histórico para a Região Nordeste: primeiro contêiner com equipamentos agrícolas de fabricação chinesa chegou ao município de Apodi, no Rio Grande do Norte; itens compõem primeiro campo de testagem fruto da parceria.

O dia 16 de janeiro de 2024 vai ficar marcado na história da agricultura familiar do Rio Grande do Norte e do Nordeste. Será o símbolo da transição entre um modo de produção rudimentar e um novo modo de produção tecnificado, pois marca a chegada do primeiro lote de máquinas agrícolas adaptadas à agricultura familiar.  De 25 de janeiro a 03 de fevereiro de 2024, o Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), realizará uma jornada de eventos para celebrar a Parceria Brasil-China para Mecanização Agrícola da Agricultura Familiar.

O primeiro contêiner, que chegou nesta terça-feira (16), em Apodi (RN), trouxe 14 objetos, entre trator de esteira, cultivador, plantadeira, colheitadeira e semeadoura de alta precisão, além de equipamentos como arado de disco e um reboque para trator. Ao todo são esperadas 29 máquinas, que serão testadas no Rio Grande do Norte por cerca de 150 famílias do Oeste, onde se concentra boa parte dos cerca de 50 mil empreendimentos agrícolas familiares do Estado. “Hoje é um dia histórico porque marca o primeiro contêiner do primeiro lote de máquinas chinesas que vêm para contribuir para a tecnificação e a modernização da agricultura familiar do Rio Grande do Norte e da Região Nordeste”, enfatizou Alexandre Lima.

Coordenador da Câmara Temática da Agricultura Familiar (CTAF), do Consórcio Nordeste, e secretário titular da Sedraf-RN, ele acompanha esse processo desde 2020, quando teve início o debate sobre os baixos índices de mecanização na agricultura familiar, sobretudo no Nordeste brasileiro, resultando na formalização de uma parceria em 2022, com assinatura de um memorando de entendimentos. “Estamos em Apodi preparando o terreno para um novo tempo, que veio para mudar a realidade do campo e potencializar ainda mais a produção de alimentos saudáveis”, aponta Lima.

Nesta importante etapa, que é o lançamento do campo de testagem, a agenda da Parceria Brasil-China começa em Apodi (RN) no dia 25/01 (quinta-feira), com a realização do Seminário de Formação para Mulheres; tem seu ponto alto no dia 02/02 (sexta-feira), com visita ao campo de testagem, na comunidade Baixa de Dentro, e Ato Público no entorno da Lagoa de Apodi; e continua no dia 03/02 (sábado) com reuniões com movimentos sociais e visita à UERN, para discussão de possível acordo de cooperação.

A Parceria Brasil-China reunirá, além da comitiva chinesa, delegações do Governo Federal, em especial do Ministério do Desenvolvimento Agrário e da Agricultura Familiar (MDA), dos governos dos estados nordestinos, das universidades públicas e institutos federais, dos sindicatos rurais e imprensa. “Será um grande momento de celebração a este novo tempo. Primeiro nós reconhecemos a agricultura familiar como produtora de alimentos saudáveis; em seguida trabalhamos para incentivar sua entrada nos mercados públicos e privados; e agora estamos prontos para incentivar o aumento da produção, por meio da mecanização da agricultura familiar”, assegura o secretário.

A Parceria Brasil-China é um movimento liderado pelo Consórcio Nordeste, sendo executado no Rio Grande do Norte pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf-RN). Os demais entes que compõem esta iniciativa são: Universidade Agrícola da China (CAU), Instituto Internacional de Inovação de Equipamentos Agrícolas e Agricultura Inteligente (IIIEAAE), Associação Internacional para a Cooperação Popular (IAPC/BAOBAB) e Associação dos Fabricantes de Maquinaria Agrícola da China (CAAM).

Também integram a missão o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário e da Agricultura Familiar (MDA); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (Fapern); Cooperativa da Agricultura Familiar Xique Xique; IFRN (Campus Natal e Apodi); Prefeitura Municipal de Apodi; Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi (STTR), bem como as empresas Zhejiang Sifang Group Corporation – Zhejiang Sifang; Debont Corp – Debont; Chongqing Shineray Agricultural Machinery Co. Ltd. – Shineray; Zoomlion Agriculture Machinery Co. Ltd. – Zoomlion; Guangxi Hepu Huili Machinery Co. Ltd. – Huili; e Hebei Yihang Amperex Technology Limited – Yihang.

AGENDA – 25/01 a 03/02:

•        25 e 26/01 – Manhã e tarde – STTR Apodi- Formação para Mulheres – Sedraf, IAPC, MDA.

•        27/01 a 01/02 – Manhã e Tarde – IFRN Apodi – Formação Montagem e Testagem – Empresas chinesas.

•        02/02 – Tarde – Visita ao campo de testagem – Comunidade Baixa de Dentro – Ato Político na cidade.

•        03/02 – Manhã – Apodi – STTR Apodi – Ato com Movimentos Sociais na Agricultura Familiar.

•        03/02 – Tarde – Mossoró – UERN – Discussão para Instalação do Centro de Inovação e Tecnologia para Mecanização Agrícola.

Fotos e vídeo: equipes Sedraf-RN e STTR Apodi.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.