Rickson tentou simular suicídio da vereadora Yanny Brena após matá-la

A Polícia Civil do Ceará divulgou, nesta quinta-feira (23), a conclusão do Inquérito Policial que apurou as mortes de Yanny Brena e Rickson Pinto. Segundo a investigação, a vereadora e presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte foi morta pelo namorado, que depois cometeu suicídio, na noite de 2 de março deste ano. Os corpos foram encontrados na manhã seguinte.

“Ao chegarmos no local, percebemos diversas inconsistências em um suposto duplo suicídio. E o resultado da investigação apontou que a jovem Yanny Brena foi morta pelo Rickson. Na verdade estávamos diante de um feminicídio, com simulação de suicídio, seguido de suicídio”, resumiu o delegado geral da Polícia Civil. 

A titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte, delegada Suerda Bezerra Ulisses, confirmou que a motivação do feminicídio foi o fato de que o empresário Rickson Pinto não aceitava o término do relacionamento com Yanny. A reportagem de Messias Borges revela detalhes do inquérito da polícia.

Fonte: Diário do Nordeste

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios detectado

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo. Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.